Patrocinado

Governadora anuncia Parceria Público Privada para construção do Complexo Prisional em Blumenau

Governadora anuncia Parceria Público Privada para construção do Complexo Prisional em Blumenau

Nesta terça-feira (17), a Acib (Associação Empresarial de Blumenau), em conjunto com representantes de outras entidades empresariais e de classe de Blumenau, se reuniu com a governadora do Estado, Daniela Reinehr e secretários de Estado.

Em razão de ter sido diagnosticada com Covid-19, a governadora não pode estar presente fisicamente na Acib, porém participou por web conferência. 

 

O encontro foi uma resposta ao pedido enviado pela Acib no dia 4 de novembro. 

Na ocasião, o presidente Avelino Lombardi solicitou uma audiência com a governadora para apresentar as demandas de Blumenau.

O objetivo era alinhar ações voltadas ao desenvolvimento do município. 

 

As demandas apresentadas por Lombardi foram:

 

- Duplicação da SC 108 até a intersecção com a BR 280.

- Construção da saída leste da cidade, conforme estudo existente na Secretaria de -  - Infraestrutura, contribuindo para desafogar a mobilidade urbana de Blumenau.

- Apoio para que se imprima agilidade na duplicação dos quatro trechos licitados e em obras da BR-470, bem como que se acelere o processo de concessão dos demais.

- Conclusão do complexo prisional da rua Silvano Cândido da Silva Sênior, terminando as adaptações e obras da Penitenciária Industrial de Blumenau.

- Construção do presídio e do semiaberto, com subsequente fechamento e desativação do atual presídio da rua General Osório, doando-se aquele terreno para construção de um espaço de lazer para a comunidade (conforme promessa do Governo do Estado).

- Remoção de entraves para aprovação do Projeto do Centro de Eventos de Blumenau.

- Aporte de recursos para a área da saúde, em especial o Hospital Santo Antônio.

 

Um dos anúncios feitos pela governadora foi a assinatura de um contrato entre o Governo do Estado e o BNDES de uma Parceria Público Privada para a construção do complexo prisional da rua Silvano Cândido da Silva Sênior, em Blumenau.

 

Em relação ao Centro de Eventos, a Governadora explicou que as documentações necessárias já foram encaminhadas para o andamento do projeto. 

Também anunciou um programa de apoio para o custeio dos Centros de Inovação de Santa Catarina. 

 

O secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Augusto Vieira, comentou que o Estado tem investido muito na gestão e controle do órgão por meio de tecnologia:

 

“Uma das prioridades da nossa cadeira foi a SC 108. Ela é um caso complexo, que envolve questões de pagamento indevido, gerando um inquérito junto ao MP, o que ocasionou a paralisação da obra”. 

“Estamos apurando todos os qualitativos e, após a organização de todo material, levaremos aos órgãos de controle para que possamos fazer isto de forma correta, tomando passos seguros e firmes sobre este assunto”.

 

O secretário de Estado da Administração Prisional e Socioeducativa, Leandro Antônio Soares Lima, explicou:

 

“A solução adotada para a construção do complexo prisional de Blumenau foi a parceria público privada, entendendo que esta seria a melhor forma de funcionamento do local”. 

“Com a assinatura do contrato, o compromisso será o fechamento do presídio da rua General Osório, doando-se aquele terreno para construção de um espaço de lazer para a comunidade”. 

“Além disso, o novo complexo prisional será o mais moderno do Estado em termos de infraestrutura e qualidade”.

 

Ricardo Stodieck, secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico, garantiu que a mudança de data da inauguração do Centro de Inovação não atrapalha o funcionamento do local. 

 

Para finalizar, o presidente da Acib, Avelino Lombardi, comentou:

 

“Esperamos manter um relacionamento aberto com o Governo do Estado e que tenhamos o apoio de vocês para continuarmos desenvolvendo nossa cidade, e possamos trabalhar juntos”.



Patrocinado