Patrocinado
15 empresas seguem no processo de licitação da Ponte Norte-Sul

15 empresas seguem no processo de licitação da Ponte Norte-Sul

Na manhã desta segunda-feira, dia 11, aconteceu mais uma etapa da licitação da Ponte Norte-Sul, que iniciou em setembro de 2017.

Eram 18 empresas interessadas em realizar a construção da ponte, uma delas desistiu e 17 seguiram para análise.

De cinco empresas que foram inviabilizadas, três entraram com recurso e tiveram os recursos acatados nesta segunda-feira.

Agora 15 empresas seguem no processo de licitação da obra.

Na quarta-feira do dia 20, acontece a abertura dos envelopes com as propostas de preço das empresas aptas a continuarem no certame, no salão nobre da Prefeitura de Blumenau, às 14h.

Vence a empresa que apresentar o menor valor. 

 

Confira abaixo a lista das empresas que seguem no processo de licitação:

  1. Construtora A. Gaspar s/a
  2. Construtora Cidade Ltda    
  3. Consórcio Pelotense/Traçado    
  4. Arteleste Construções Ltda   
  5. Construtora Stein Ltda
  6. Consórcio Cso-Serra da Prata
  7. Consórcio Premag-Seel  
  8. Engedal Construtora de obras Ltda
  9. Legnet Engenharia Ltda
  10. Cejen Engenharia Ltda
  11. Vereda Engenharia Ltda 
  12. Cetenco Engenharia s.a
  13. Planaterra Terraplanagem e Pavimentação Ltda
  14. Setep Construções s.a   
  15. Salver Construtora e Incorporadora Ltda   

 

PROJETO

A ponte do Corredor Norte-Sul será uma ligação viária sobre o rio Itajaí-Açu, sendo estabelecida entre as ruas Alwin Schrader Itajaí, no bairro Vorstadt, e as ruas Paraguay/Porto Rico, na Ponta Aguda.

O custo estimado da obra é de R$ 39 milhões, valor garantido por meio de financiamento da Prefeitura junto à Caixa Econômica Federal, no âmbito do PAC 2, do Ministério das Cidades.

A licitação iniciou em setembro de 2017, mas por conta de questionamentos do Tribunal de Contas e Justiça Federal foi suspensa.

No fim de 2018, a Justiça Federal autorizou a continuidade do processo.

"Foi um ano de trabalho parado e quem perde com isso é a cidade. Provamos que a Prefeitura seguiu e cumpriu com todos os trâmites legais e esperamos que agora, enfim, possamos dar andamento à obra. O dinheiro do financiamento está garantido e agora é esperar o andamento do trâmite e o início das obras", destaca o prefeito Mário Hildebrandt

A estrutura, com base metálica, terá ao todo 180 metros de extensão e 13,80 metros de largura.

Serão duas pistas para tráfego, com passeio para pedestres e ciclovia nas laterais.

No sentido Vorstadt/Ponta Aguda, a faixa será utilizada para veículos pequenos e transporte coletivo.

No sentido contrário, a faixa servirá exclusivamente para ônibus.

Na interseção da ponte com a rua Itajaí haverá um semáforo.


Patrocinado