Clique aqui para anunciar

Após fechar as portas, Trama Z entra em acordo com funcionários

Sede da Trama Z.

Após fechar as portas, Trama Z entra em acordo com funcionários

Por Ana Paula Dahlke
Redação Jornal de Blumenau

 

Representantes da empresa Trama Z, Sintrafite (sindicato que representa o setor têxtil de Blumenau, Indaial e Gaspar) e comissão de trabalhadores, entraram em um acordo na última sexta-feira, dia 6.

No dia 25 de junho, o contrato de 96 funcionários havia sido rescindido sem aviso prévio, conforme anunciado pelo sindicato.

A proposta da empresa era pagar os funcionários de forma parcelada, em até 15 vezes, porém, os trabalhadores rejeitaram a solução.

A discussão da situação foi levada à Câmara dos Vereadores no dia 28, e teve como porta voz a presidente do Sintrafite, Vivian Kreutzfeld, que ressaltou que "o empresário da Trama Z é proprietário de muitos imóveis no município, inclusive alugados para o poder público, e que tem todas as condições de cumprir com as obrigações para com os trabalhadores".

O Sintrafite informou ao Jornal de Blumenau que o acordo feito na sexta-feira prevê: 

- Parcelamento de no máximo 5 parcelas, sendo que 34 trabalhadores irão receber à vista e 63 trabalhadores parcelado.

- Aos trabalhadores que terão o parcelamento, estes terão o acréscimo de um salário de cada trabalhador, a título de multa do artigo 477, da CLT.

  

HISTÓRICO

A empresa havia concedido férias coletivas na semana anterior ao dia 25 de junho para os funcionários.

O primeiro turno de trabalhadores de segunda-feira, dia 25, foi convocado a exercer as atividades apenas às 7h, enquanto de costume iniciariam às 5h.

A empresa comunicou então ao sindicato que neste mesmo dia, tudo seria esclarecido.

Logo após, os contratos do primeiro, segundo e terceiro turno foram rescindidos, alegando que a empresa não se se sustentava mais, e com isso, a empresa fechou as portas. 

 

Patrocinado