Patrocinado

Motorista Jaguar pode ter prisão preventiva decretada novamente

Motorista Jaguar pode ter prisão preventiva decretada novamente

A juíza Camila Murara Nicoletti, da comarca de Gaspar, solicitou as imagens do circuito interno do Condomínio Costão da Barra, em Balneário Camboriú.
O pedido é para investigar um possível descumprimento de medida cautelar de Evanio Prestini, motorista do Jaguar e réu por duplo homicídio na BR-470.

A juíza solicitou as imagens atendendo a um pedido do Ministério Público.

O Ministério Público recebeu uma denúncia de que Evanio teria sido visto à beira da piscina do prédio, no dia 21 de janeiro, por volta das 13h, mesmo após ter seus pedidos de saída de Jaraguá negados.

 

No data em questão, Evanio deveria estar trabalhando, conforme estabelece o habeas corpus concedido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), mas uma fiscalização da Polícia Militar de Guaramirim não o encontrou na empresa.

A defesa sustentou que o réu não possui restrição de deslocamento, inclusive para outras cidades, desde que respeite o horário limite para o recolhimento domiciliar.

Se confirmado o descumprimento das condicionais do habeas corpus, Evanio pode ter a prisão preventiva decretada novamente.

 



Patrocinado
Patrocinado

Agenda