Patrocinado

Comunidade LGBT de Blumenau não quer espaços públicos exclusivos

Comunidade LGBT de Blumenau não quer espaços públicos exclusivos

 

Ester Amanda Lopes
Redação

 

A comunidade LGBT de Blumenau não vê a necessidade de espaços públicos exclusivos na cidade.

É o que mostra pesquisa de Ana Carolina Carvalho de Souza Domingues, em sua dissertação de mestrado em Desenvolvimento Regional pela Furb.

O trabalho foi publicado em 2018 sob o título "Territórios de lazer LGBT em Blumenau".

Ana Carolina entrevistou cerca de 30 pessoas pertencentes à comunidade LGBT.

Os entrevistados entendem que uma eventual criação de espaços públicos exclusivos para o público LGBT serviria para dividir ainda mais a comunidade.

Eles consideram que locais onde ambos os públicos possam frequentar se expondo com segurança será sempre o ideal.

 

A pesquisa revela também que o parque Ramiro Ruediger é o espaço público preferido pelos entrevistados. 

O Ramiro é considerado o único espaço público de Blumenau que acolhe manifestações da causa LGBT e é bastante frequentado pela comunidade.

 

A dissertação está disponível para download no site da Furb.

Você também pode baixar o trabalho na íntegra AQUI.



Patrocinado
Patrocinado

Agenda