Patrocinado

Análise do livro sobre comunismo x católicos em Blumenau em 1964

Análise do livro sobre comunismo x católicos em Blumenau em 1964

CARLOS TONET
Mestre da literatura

 

Neste excelente vídeo comento o ótimo livro “A produção do espectro comunista: imprensa, política e catolicismo no contexto do golpe de 1964”.

Veja:

 

 

O livro foi escrito pelo professor doutor da Furb Edison Lucas Fabrício.

Tem prepúcio do Viegas Fernandes da Costa dizendo que o historiador tem que ter lado, mas na verdade o livro é muito bom justamente por não ter lado.

Edison escreve muitíssimo bem e de forma leve, sem frescuragem e narra tudo de forma bem didática, bem gostoso de ler.

Tudo de forma isenta, sem julgamentos ou adjetivações.

Tem muitas aventuras, histórias interessantes e descrição dos mais variados personagens.

Até meu primeiro chefe no Santa, Reinaldo Ferreira, aparece como perseguidor de comunistas.

O sempre pacato e cordato José Augusto Nóbrega, ex-radialista que chegou a ser secretário nas épocas do Renato e Dalto, era agente do DOPS.

Bernardo Wolfgang Werner era colaborador do DOPS e perseguiu um comunista na XV. O comunista fugiu.

Já em 1959 o governo mandou um espião morar em Blumenau e se filiar ao partido comunista como infiltrado. Ele arrumou emprego numa loja e num dos relatórios apontou o vereador Romário da Conceição Badia como subversivo.

Disponível na Amazon.

 


Alerta sobre erros e coisas erradas que não estão certas: Carlos Tonet é jornalista e também escreve textos de humor, sátiras e paródias. De forma proposital costuma usar palavras erradas ou inventadas. Também faz piadas sofríveis, com alto grau de lamentabilidade.



Patrocinado
Patrocinado

Agenda

Osterdorf – Vila de Páscoa