Patrocinado
Estudantes vão às urnas escolher representantes para o Programa Vereador Mirim 2020

Estudantes vão às urnas escolher representantes para o Programa Vereador Mirim 2020

As eleições do Programa Vereador Mirim deste ano aconteceram nesta quarta-feira (6), das 8 às 16 horas, nas dependências das escolas públicas e privadas participantes. O processo foi orientado e dirigido pela Câmara de Vereadores de Blumenau com a participação das unidades escolares.
 
Neste ano se inscreveram 37 escolas das redes pública e particular de ensino do município, sendo que 32 cumpriram os prazos de entrega de documentação e participam das eleições. No total, 96 candidatos concorrem a 15 vagas de vereador mirim titular e a 15 vagas de vereador mirim suplente, sendo três candidatos por escola.
 
O assessor Programa Vereador Mirim, Wagner Schanaider, informou que uma média de 8 mil alunos participaram do processo eleitoral neste ano. Avaliou que a eleição transcorreu de forma tranquila e apontou que essa é uma oportunidade de os jovens entenderem como funciona o processo democrático e de exerceram sua cidadania. “É uma forma de demostrar aos jovens como funciona o processo democrático, de escolha dos seus representantes, os desafios que enfrentam os que se candidataram, como é pedir voto e fazer campanha em uma eleição apartidária”, destacou.  
 
A Escola Básica Municipal Machado de Assis, na Itoupava Seca, tem cerca de 1.600 alunos. Nesta legislatura, a escola é representa pelo vereador mirim titular Matheus Feliciano de Azevedo e pela vereadora mirim suplente Maria Eduarda Nascimento. Ela ressaltou seus grandes aprendizados neste ano. “Nesse período eu pude adquirir muito conhecimento durante as formações, como sobre a nossa cidade, a história da sua fundação, a importância da preservação do meio ambiente. Também foram abordados assuntos que precisam ser falados, como o desmatamento, racismo, preconceito”, recordou, acrescentando que esse processo eleitoral é uma experiência importante para os alunos, pois os ajuda a terem uma visão de como funciona uma eleição de escolha de seus representantes. 
 
Os candidatos da escola neste ano são Luiz Fernando Threis da Costa; Brenda Espig e João Paulo Capistrano. A diretora do educandário, Solange Eckelberg Clebsch, lembrou que a escola já participa deste o começo do programa na cidade. “Nossos alunos já estão habituados porque todos os anos a escola participa das eleições. Somos grandes incentivadores e desejamos sucesso ao projeto, porque ele faz a diferença na vida desses jovens, ainda mais nos dias de hoje, quando existe uma visão tão negativa da política e dos políticos. O programa Vereador Mirim vem mostrar que a política pode ser feita de forma diferente, com ética, com honestidade e com seriedade”.
 
A gestora ressaltou que antes mesmo do processo eleitoral já ocorre uma movimentação muito positiva no educandário. “Nós lançamos o desafio para os alunos e foi gratificante para escola o número de inscrições de alunos, que tiveram coragem de se colocarem à disposição e de buscar algo diferente. Isso já foi uma vitória para a escola. Esta movimentação antes da eleição é muito válida, porque pudemos conhecer mais de perto os estudantes, através de perguntas, e descobrir suas potencialidades”.
 
Por fim, Solange destacou as contribuições do programa na vida desses jovens. “O programa prepara os alunos para se envolverem em questões sociais, com a comunidade, com a escola e representar um grupo de alunos e de profissionais. É um trabalho maravilhoso e que, com certeza, trará bons frutos mais adiante quando forem adultos. Observamos que quem se habilita a participar do processo já tem um perfil de líder e uma disposição em querer ajudar, participar e se envolver em ações sociais e da própria escola”, concluiu.


Patrocinado