Patrocinado
Campanha de vacinação contra Sarampo inicia nesta segunda (7)

Campanha de vacinação contra Sarampo inicia nesta segunda (7)

A partir de segunda-feira, dia 7, a Secretaria de Promoção da Saúde (Semus) de Blumenau inicia a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, do Ministério da Saúde (MS).

Atualmente o município conta com 32 salas de vacina nas unidades de saúde que estarão vacinando o público alvo da campanha.

Este ano a campanha acontecerá em duas etapas, nos meses de outubro e novembro, para grupos diferentes.

De 7 a 25 de outubro serão vacinadas contra o sarampo todas as crianças não vacinadas de seis meses a menores de cinco anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias).

O dia "D", de mobilização nacional, ocorrerá no sábado, dia 19.

De acordo com dados da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive), Blumenau tem pouco mais de 7,3 mil crianças que precisam ser vacinadas.

De acordo com o MS a razão de priorizar esse público é a elevada incidência da doença nesta faixa etária, nos surtos registrados em 2019, além de as crianças apresentam maior risco de desenvolver complicações, tais como cegueira, encefalite, diarreia grave, infecções no ouvido, pneumonias e óbitos pelo sarampo.

Com a ampliação das ações de imunização, o objetivo é interromper a circulação do vírus e proteger a população.

Em Blumenau não há notificações de sarampo este ano e o último caso autóctone (adquirido no município) registrado foi em 1997.

No Brasil, mais de 5 mil casos de sarampo já foram confirmados este ano e Santa Catarina já contabiliza 21.

A Vigilância Epidemiológica de Blumenau já recebeu cerca de 4 mil doses da vacina da campanha, para distribuir nas salas das unidades.

Desde o início de 2019 foram aplicadas em Blumenau mais de 17,5 mil doses da vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, a caxumba e a rubéola.

A cobertura vacinal da campanha será realizada com a tríplice viral para crianças e adultos e também com a dupla viral para adultos.

Já no mês de novembro, entre os dias 18 e 30, será a vez de adultos jovens não vacinados, na faixa etária de 20 a 29 anos, receberem a vacina.

O dia "D" de mobilização nacional será em 30 de novembro e este grupo fará parte da campanha devido ao número expressivo de casos confirmados nessa faixa etária, segundo informações do MS.


Patrocinado