Patrocinado
Os quatro eixos do Lanzarin

Os quatro eixos do Lanzarin

CARLOS TONET
Legislador processual cívico

 

Lanzarin esteve hoje na Nereu falando sobre projetos para a Câmera de Vereadores.

Lanzarin está gostando bastante de planejar.

Falou 4.678 a palavra planejamento.

Além do planejamento o Lanza tem destacado seus quatro eixos:

  1. Eixo da comunicação
  2. Eixo da tecnologia
  3. Eixo da gestão
  4. Eixo dos investimentos
     

 

O projeto da sede própria da Câmera vai custar 10 milhão e deve ficar pronto entre 6 a 8 anos.

Lanzarin reclamou que a turma reclamam muito da Câmera.

“Se a gente paga aluguel o pessoal reclama, agora reclamam do custo da nova sede”.

Na verdade o que o povo reclama é dos gastos da Câmera como um todo.

 

CAMINHÃO TOMBADO NA CURVA DA HISTÓRIA

20 anos atrás Blumenau tinha 21 vereadores e 18 funcionários.

Isso mesmo: 21 vereadores e 18 funcionários.

Hoje temos 15 vereadores e 230 funcionários.

Isso mesmo: 15 vereadores e 230 funcionários.

É uma estrutura monstruosa gigantesca desnecessária.

Noss Câmara era exemplo para o Brasil em termos de eficiência e economia.

Mas nosso caminhão tombou em alguma curva da História e nos levou ao desastre que vemos hoje.

 

ATITUDE

Blumenau deveria ter 9 vereadores, com sessões uma vez por semana.

Com menos tempo pra discurso e abraços pra turma da bocha, teremos mais produtividade e se pode votar tudo o que é preciso, além de sobrar mais tempo para as discussões

Lanzarin e os demais vereadores precisam saber que o povo não reclama de gastos quando há retorno.

O que se vê nos últimos anos em Blumenau é a exibição pública e indisfarçada de uma grande voracidade por cargos entre os vereadores, que vêm fazendo os prefeitos de refém.

Isso salta aos olhos.

É disso que se reclama: da atitude.

O resto é detalhe.

 

_________________

Aviso: o colunista Carlos Tonet adota por vezes um estilo irreverente de se expressar, utilizando expressões propositadamente erradas, como mandato de segurança, Câmera de Vereadores, a gente fomos, a turma disseram, etc. Também utiliza palavras inventadas, redundâncias e hipérboles.


Patrocinado