Patrocinado
CDL Blumenau apresenta nova sede na rua XV de novembro

Foto: Jornal de Blumenau

CDL Blumenau apresenta nova sede na rua XV de novembro

A CDL de Blumenau apresentou oficialmente sua nova sede à impresa na manhã desta quarta-feira, dia 21, durante o café da manhã com jornalistas.

A entidade passou a funcionar no 4º andar do Shopping H, na rua XV de novembro, no Centro, no mesmo edifício, no segundo andar, foi instalado o atendimento ao público do SPC.

O presidente da CDL, Helio Roncaglio destacou que o local apresenta a vantagem de uma maior proximidade com público em relação a sede anterior.

A CDL ocupava há 12 anos o casarão histórico localizado na Alameda Rio Branco, cedido em comodato pela congregação evangélica luterana em troca da reforma realizada no prédio.

Com o fim do comodato, caso quisesse continuar no local a CDL teria um aluguel 40% mais caro do que no novo espaço. 

Além disso a congregação tem planos de usar o imóvel histórico na ampliação de suas atividades educacionais 

 

VENDAS DE INVERNO

Helio Rocaglio apresentou também um relatório das vendas de inverno em Blumenau que apresentaram um saldo maior de vendas em relação ao período em 2018.

Confira os dados da pesquisa abaixo:

  1. De acordo com o levantamento, 51,7% dos comerciantes entrevistados tiveram melhora nas vendas.
  2. Destes, a maioria registrou um crescimento de até 10% nas vendas.
  3. Para 62,1% dos associados, o mês de julho teve o maior índice de vendas.
  4. Para 41,4%, junho registrou o menor movimento nas vendas.
  5. 93,1% dos comerciantes entrevistados apostaram em promoções e liquidações de peças de vestuário e calçados de inverno.

 

Para o vice-presidente da CDL Blumenau, Eduardo Soares, apesar da demora do frio ter afetado as vendas no mês de junho, a maioria dos estabelecimentos conseguiu se recuperar:

"Conversando com nossos associados, percebemos que apesar das coleções de outono-inverno estarem nas vitrines desde o início de março, às altas temperaturas tiveram impacto direto no comércio, desacelerando as vendas. Entretanto, a queda nas temperaturas permitiu que os estabelecimentos pudessem alavancar suas vendas, registrando até agora um saldo positivo."


Patrocinado