Patrocinado

Weg cresce com opções para o mercado de construção civil

Weg cresce com opções para o mercado de construção civil


A exigência da sociedade por edifícios eficientes e mais sustentáveis, tem mudado o perfil das edificações no Brasil e trazido novas oportunidades para a Weg, empresa com matriz em Jaraguá do Sul e sede em Blumenau.

Recentemente a companhia assinou contratos com a MRV, uma das maiores construtoras de apartamentos populares da américa latina, para o fornecimento de geradores fotovoltaicos e tomadas e interruptores para condomínios residenciais em diversos estados brasileiros.

Num primeiro momento, serão mais de 20 mil unidades habitacionais equipadascom tomadas e interruptores, 55 condomínios abastecidos com sistemas solares, capazes de fornecer 2.6 MWp e uma usina de solo em São José dos Pinhais/PR de 500 kWp, só para este cliente.

“Como temos integradores autorizados WEG desenvolvidos para geração solar distribuída em todo Brasil, conseguimos atender a demanda em qualquer região”, diz Manfred Peter Johann, diretor Superintende da WEG Automação.

Segundo ele a meta da companhia é dobrar este número de fornecimentos à MRVaté 2020.

A retomada do mercado de construção civil, aliada a estratégia da Weg em fornecer soluções cada vez mais sinérgicas, trouxe também para a companhia uma nova oportunidade de fazer negócios.

Agora, a tradicional fornecedora de soluções eletroeletrônicas na modalidade Business to Business (B2B) colocou a disposição do consumidor final uma cesta de produtos para aplicações residenciais que podem ser encontradas em vários home centers e lojas especializadas do país.

“Além da experiência no atendimento de grandes e complexas edificações, entramos no mercado de varejo com uma vantagem competitiva que leva o peso de uma marca forte, com mais de 57 anos de história e tradição”, explica Manfred.

No escopo de produtos disponíveis para os consumidores estão as linhas de tomadas e interruptores, minidisjuntores, DRs, supressores de surto, quadros de distribuição entre outros.

“De uma forma indireta nós sempre estivemos presentes na vida das pessoas, mas agora estamos nos aproximando ainda mais do consumidor final e o retorno tem sido bastante positivo para a companhia”, finaliza Manfred.



Patrocinado