Patrocinado
Casa de Apoio faz balanço dos primeiros meses do ano

Casa de Apoio faz balanço dos primeiros meses do ano

Um lugar acolhedor que transmite segurança e traz esperança para quem precisa de tratamento especializado. Assim pode ser definida a Casa de Apoiode Blumenau, única instituição que atende pequenos com câncer infantil cidade.

Com planos de construção de uma nova sede, o ano começou cheio de desafios, o ingresso de 12 novos pacientes e, consequentemente, maior demanda e entrega dos profissionais e voluntários que atuam no local.

Hoje, são 72 crianças do Vale do Itajaí que recebem os cuidados da entidade. 

No primeiro pedágio do ano, realizado em março, foi arrecadado o valor de R$ 55.027,00, segundo a presidente da entidade, Adriana Kreibich da Costa.

Esse montante possibilitou a compra de duas cadeiras de rodas e o conserto de outras oito.

Além disso, foram comprados medicamentos que não são fornecidos pelo SUS para 28 crianças e a aquisição de um estabilizador para a sala de fisioterapia.

“O auxílio da comunidade é o que nos mantém ativos nesse trabalho com os nossos pequenos. A verba colabora também na manutenção das despesas da entidade. Agradecemos todo o apoio de quem ajuda para que continuemos atuando em prol de quem realmente precisa dessa entrega”, enfatiza.

Para melhorar o acolhimento às famílias, a Casa de Apoio está trabalhando no sonho da construção da nova sede.

“Será um grande empreendimento onde iremos continuar oferecendo atendimento de qualidade, permanente e planejado. Tudo de forma gratuita. Somos uma instituição privada mantida através da gestão de empresários voluntários, por isso as colaborações são imprescindíveis”, explica Adriana.

 

Capacitação

Um trabalho que delicado como este envolve profissionais comprometidos e com vontade de aprender cada vez mais.

Por isso, as fisioterapeutas estão sempre em busca de conhecimentos que tragam esperanças para os pacientes e suas famílias.

Este ano, elas realizaram o curso Certified Theratogs Fitter, de modelagem esquelética, para a melhora da postura e movimento das crianças.

Outra capacitação foi a atualização do Método Bobath, para o tratamento de doenças neuromusculares.

“Isso permite que os pequenos tenham um período de excelência na nossa entidade. Proporcionar mais qualidade de vida para eles é a missão de todos os colaboradores”, destaca Adriana.

A Casa de Apoio presta atendimento para sete crianças com órteses, para doze famílias com ajuda de custo para locomoção entre casa e hospital e de deslocamento para municípios vizinhos.

Outras 12 recebem mensalmente repasse de alimentos e 29 crianças são abastecidas com fraldas e material de higiene pessoal.

Suplementos e leites especiais são entregues para 15 pacientes por mês.

Cerca de 10 pessoas trabalham na equipe e dezenas de voluntários atuam das mais diversas formas.

 

Como ajudar

Além de verbas que podem ser doadas para a entidade, todo início de mês é realizado um brechó-bazar no local, onde há venda de roupas, sapatos, acessórios e brinquedos a partir de R$ 2,00.

Doação desses itens, assim como leites especiais são aceitos.

A Casa de Apoio está localizada na rua La Paz, número 38, no bairro Ponta Aguda.

Para obter mais detalhes e conhecer o trabalho realizado diariamente, basta entrar em contato através do telefone (47) 3035-3349.
 


Patrocinado