Patrocinado
Câmara dá nome de Bianca Wahholz a uma praça na Itoupava Central

Foto: Divulgação

Câmara dá nome de Bianca Wahholz a uma praça na Itoupava Central

Câmara Municipal aprovou, na sessão ordinária realizada nesta terça-feira, dia 14, seis projetos de lei em segunda votação.

Entre eles foi aprovado o projeto que faz alusão à blumenauense Bianca Wahholz que foi assassinada pelo ex-companheiro na frente da mãe, em casa, no dia 25 de julho de 2018.

O projeto de autoria do vereador Bruno Cunha (PSB) relacionado ao feminicídio, denomina uma praça no bairro Itoupava Central, na rua Christian Wilhelm Staack onde a vítima morava, com o nome da vítima.

De acordo com Bruno Cunha, a denominação foi solicitada pela comunidade do bairro com o intuito de que a praça seja um espaço simbólico onde podem ser realizadas atividades diversas alusivas à arte a à prevenção ao feminicídio.

“Infelizmente nesses casos de feminicídio nada vai recuperar a dor, mas desejamos que com esse ato simbólico outros casos possam ser impedidos”, ressaltou o autor.

Além disso, foi aprovado o projeto de Lei nº 7.848, que institui o Dia de Luta Contra o Feminicídio “Bia Wachholz” no dia 25 de julho.

Bruno explicou que o objetivo não é somente fazer homenagem a ela nesta data, mas construir um diálogo com o Poder Executivo para que a prefeitura crie discussões, seminários e rodas de conversa próximos a essa data a fim de avançar na prevenção à violência contra a mulher.

A matéria precisam ser votadas em redação final na Casa antes de ir à sanção do prefeito.

Leia mais em: Câmara aprova projeto que regulamenta funcionamento de food trucks


Patrocinado