Patrocinado
Cejusc passa a atender demandas das Varas de Direito Bancário e Família

Cejusc passa a atender demandas das Varas de Direito Bancário e Família

Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc), de Blumenau, passa a atender também as demandas das Varas de Direito Bancário e Família, com o início das audiências de mediação de conflitos.

No local atuam 14 conciliadores e co-conciliadores que já realizavam audiências de conciliação de conflitos no local.

De acordo com o coordenador e conciliador do Cejusc, Dorval Henrique Ferrari, as audiências serão retomadas a partir de fevereiro deste ano: 

"Agora nós já dispomos de três conciliadores com a formação pelo Tribunal de Justiça e então já temos pessoal capacitado e apto para poder fazer as audiências de mediação, além das de conciliação que serão feitas para as varas de Direito Bancário e continuarão sendo feitas para as varas cíveis".

Na conciliação, o terceiro facilitador da conversa (o conciliador) interfere de forma mais direta no litígio e pode chegar a sugerir opções de solução para o conflito (art. 165, § 2º).

Já na mediação, o mediador facilita o diálogo entre as pessoas para que elas mesmas proponham soluções (art. 165, § 3º).

Para conflitos objetivos, mais superficiais, nos quais não existe relacionamento duradouro entre os envolvidos, aconselha-se o uso da conciliação; para conflitos subjetivos, nos quais exista relação entre os envolvidos ou desejo de que tal relacionamento perdure, indica-se a mediação.

Muitas vezes, somente durante o procedimento, é identificado o meio mais adequado.

O Cejusc da comarca de Blumenau foi reinaugurado em setembro do ano passado está localizado no Fórum Universitário de Blumenau (Praça Victor Konder, 01, Centro).

Destaque Empresarial

IPM Sistemas divulga lista de clientes conquistados em 2018

Consórcios, prefeituras e câmaras de vereadores são novas entidades atendidas

Patrocinado