Patrocinado
Napoleão é um cara de sorte

Napoleão é um cara de sorte

Por Carlos Tonet
Editor do Jornal de Blumenau

 

Vejo comentários sobre a situação do Napoleão.

A turma dizem que ele foi prejudicado.

Se fosse candidato ao Senado ou a governador teria sido eleito, dizem alguns.

A turma maldizem o Paulo Bauer, o Inócuo, por ter estragado tudo enfiando o Napo como vice do Mauro & Mariani.

Tenho minhas dúvidas.

Quem garante que Napoleão teria sido eleito senador?

Os concorrentes eram fortíssimos.

E para o governo, quem garante que ele ao menos iria ao segundo turno?

Napoleão poderia ter sido atropelado pelo caminhão de bombeiro do Moisés e pela loira tratorista a bordo de um Massey Ferguson da série MF 4200, com design moderno, maior força, robustez, economia, conforto e simplicidade operacional, com potência de 65 a 100 cv.

Vejo a coisa pelo lado bom.

Quem perdeu não foi o Napo.

Os grandes perdedores foram o Mauro & Mariani, Paulo Bauer Inócuo, Pinhão, Pavanzão, Gérson Merísio, Raimundão, LHS.

Napo foi apenas coadjuvante da derrota, passou imperceptível pelo vexame, ninguém cobrou nada dele.

Em chamaria isso de sorte.


Patrocinado