Patrocinado
Catharina Sour se fortalece e é novidade na edição 2018 de Concurso

Imagem: Daniel Zimmermann

Catharina Sour se fortalece e é novidade na edição 2018 de Concurso

O estilo de cerveja batizado de Catharina Sour foi criado em Santa Catarina, e é uma cerveja de trigo que foi inspirada na Berliner Weisse.

Porém, é um pouco mais alcoólica e com adição de frutas.

Ela possui um amargor que vai de 2 a 8 IBUs e, pelo teor refrescante, harmoniza com saladas, frutos do mar e petiscos.

Para complementar o paladar frutado, pode conter especiarias.

A graduação alcoólica varia de 4% a 5,5%.

A bebida que está a menos de dois anos no mercado, está cada vez mais consolidada.

Ela já recebeu reconhecimento internacional e agora foi incluída no 6º Concurso Brasileiro da Cerveja.

Associação das Micro Cervejarias Artesanais de Santa Catarina (Acasc) participou ativamente no processo de desenvolvimento da artesanal e continua trabalhando para o fortalecimento do rótulo.

 

Concurso Brasileiro da Cerveja:

Pela primeira vez, a Catharina Sour será incluída no maior concurso cervejeiro da América Latina, que acontece em Blumenau.

Para o presidente da Acasc, Alexandre Mello, “esta é mais uma conquista que valoriza a produção do nosso estado”.

Várias cervejarias apostam no estilo, que pode ser encontrado em diferentes frutas e ganha novos consumidores a cada dia.

As inscrições para participar do evento podem ser feitas no site www.festivaldacerveja.com até o dia 19 de janeiro de 2018.

 

Melhor do mundo:

A cerveja Sun Of Beach, com sabor de pêssego, produzida pela Cervejaria Blumenau, foi medalha de prata no Australian Int’l Beer Awards em 2016.

E, em agosto desse ano, a Catharina Sour de Uva Goethe da Lohn Bier foi considerada a melhor cerveja do mundo na categoria Flavored Fruit & Vegetable no World Beer Awards.

Mais de 30 rótulos produzem a cerveja no país.

Patrocinado
Patrocinado

Agenda

UM44K

Cisne Negro

Luau do Rancho

Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado