Clique aqui para anunciar

Inadimplência se mantém estável em Blumenau

Inadimplência se mantém estável em Blumenau

O índice de inadimplência de Blumenau apresentou queda de 0,75% em outubro, em relação ao mês de setembro.

Esta é a sexta queda do ano, sendo a quarta consecutiva.

Ao todo, o indicador já acumula uma diminuição de 11,02%, no ano. 

A pesquisa é elaborada pelo Projeto de Extensão Cidadania Financeira no Vale do Itajaí da Furb com base nos dados do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), serviço oferecido CDL Blumenau.

O economista e professor da FurbBruno Thiago Tomio, acredita que a diminuição do índice está relacionada aos resquícios dos efeitos da liberação dos recursos do FGTS das contas inativas e também ao aquecimento da atividade econômica na região com retomada no consumo pelo aumento no nível de emprego.

Apesar da inadimplência estar em queda, Tomio destaca que o valor total negativado no município é de R$ 74,1 milhões.

“Com isso, em outubro, a dívida média por pessoa negativada na cidade é de R$ 1.940. Da mesma forma, em média, há dois registros por pessoa, com cada um no valor de R$ 1.004”, afirma o economista.

O presidente da CDL BlumenauHelio Roncaglio, está confiante para os próximos meses com relação ao aquecimento do comércio:

“Aos poucos, os trabalhadores já estão recebendo o 13º salário e as férias. Esse valor, além que ser utilizado para as compras, também serve para quitar as dívidas e, deste modo, melhorar a economia”.

Patrocinado