Patrocinado
Você utiliza a Contabilidade Gerencial na sua gestão?

Você utiliza a Contabilidade Gerencial na sua gestão?

Por: Fundação Fritz Müller

Segundo o que diz a doutrina oficial brasileira organizada pelo Conselho Federal de Contabilidade, a contabilidade é uma ciência social tão importante quanto a economia e a administração. Ela surgiu após a Revolução Industrial, com o aumento dos negócios, quando houve a necessidade de precificar o valor do processo de conversão da mão de obra e dos materiais em novos produtos e de verificar se as organizações estavam tendo resultado em relação aos recursos que consumiam na produção. Com as operações em grande escala, surgiu a necessidade de maior ênfase na contabilidade voltada aos interesses internos das organizações competitivas e ao uso de registros contábeis como meio de controle administrativo da organização.

Nos tempos atuais, simplesmente não há como imaginar uma empresa funcionando sem o suporte contábil. Mas dentro da contabilidade existem subdivisões para segmentar as diferentes necessidades de sua aplicação. Hoje, nosso foco é a Contabilidade Gerencial.

Se você trabalha no ramo ou tem algum entendimento sobre contabilidade, provavelmente conhece as principais diferenças entre a Contabilidade Gerencial e a Contabilidade Financeira. Mas, caso você não saiba, estamos aqui para ajudar a esclarecer de forma resumida, prática e objetiva.

A Contabilidade Gerencial é voltada para fins internos da empresa, enquanto a Financeira pode ter suas informações expostas aos interessados externos da empresa. Outra grande diferença é que a Contabilidade Gerencial não necessita seguir determinadas obrigações legais por se tratar de um processo interno, o que permite ao seu responsável selecionar quais as informações desejáveis para a elaboração do relatório gerencial que serão realmente úteis para a sua análise.

As informações de um relatório de Contabilidade Gerencial

Normalmente, as informações de um relatório gerencial são confidenciais e utilizadas como ferramenta estratégica para análise dos gestores servindo como informação base para melhorias futuras na organização. Seu conteúdo consiste em informações detalhadas relacionadas ao patrimônio da empresa, sejam positivas ou negativas, justamente porque o objetivo é permitir uma análise clara e transparente, aliada ao planejamento de estratégias, avaliação de desempenho e, assim, sendo um alicerce confiável para a tomada de decisões assertivas. Ainda que o gestor se baseie em outros critérios para compor suas análises e decisões, a utilização de dados é sempre mais segura para defender suas perspectivas, pois são comprováveis.

Alguns tipos de relatórios gerenciais comuns são: previsão de vendas, orçamentário, de custos e sobre qualidade. É interessante segmentá-los por objetivo visando a agilidade e a qualidade de sua análise.

Com estas informações você já tem uma base de conhecimento sobre a função da Contabilidade Gerencial e pode medir seu grau de necessidade dela, caso ainda não use. Para ter informações detalhadas e fazer uma rede de contatos de alto nível com gestores, contadores, administradores e outros profissionais com vasta experiência no assunto, convidamos você a conhecer o curso de Contabilidade Gerencial como Instrumento de Gestão oferecido pela Fundação Fritz Müller que tem data de início prevista para 13 de outubro em Blumenau.

Entre em contato conosco para saber mais sobre este e outros cursos. 

Linha Direta

Fundação Fritz Müller
(47) 3057-8001
www.fundacaofritzmuller.com.br

Patrocinado
Patrocinado

Agenda

Show Naked Girls and Aeroplanes

Desenvolvedor Java

Desenvolvedor C#

Patrocinado
Patrocinado